Para garantir um alto nível de manutenção técnica das vias é necessário um funcionamento confiável e sem falhas de alinhadoras-niveladoras-socadoras de alta produtividade cujo principal elemento de trabalho é unidade de soca. A empresa West-Ter organizou uma oficina de reparação para unidades de soca, bem como instalações de produção para fabricação de conjuntos de peças de reposição.

Atualmente a superfície ocupada com instalações de produção é de 1000 metros quadrados e incluem as seguintes seções:

  • Limpeza e lavagem
  • Desmontagem e inspeção de condição
  • Tratamento mecânico
  • Revestimento
  • Tratamento
  • Reparação de cilindros hidráulicos
  • Supervisão técnica
  • Montagem
  • Testes e controle de qualidade
  • Armazém para unidades renovadas
  • Monitoramento em tempo real de funcionamento das unidades de soca.

Cada seção é equipada com instalações modernas para garantir alta qualidade de fabricação. O processo de reforma geral corresponde totalmente às tecnologias previstas pelo fabricante da unidade original. O uso desta tecnologia permite prolongar a vida útil da unidade restaurado por um período que seja quase igual à vida útil de uma nova unidade de soca. Depois de reforma geral dá-se uma garantia de 500 mil ciclos de soca ao mínumo. Em 2013, 15 conjuntos de unidades de soca foram reparados nesta oficina. Presta-se uma atenção especial à qualidade. A nossa equipe é profissionalmente treinada e tem sido regularmente certificada. Usam-se equipamentos modernos e tecnologias avançadas de controle de qualidade. Todos os parâmetros de funcionamento de unidades de soca são monitorados em tempo real para evitar falhas e sobrecarga. Como resultado o número de falhas entre unidades operadas foi reduzido a quase zero. Mas, em raros casos de falhas inesperadas garante-se uma assistência imediata. O tempo de solução de problemas previsto é de 1-3 dias.
LIMPEZA E LAVAGEM

tamping unit overhauling washing

Unidades de soca são limpadas e lavadas em câmaras de lavagem com detergentes especiais. Áreas polidas e sensíveis são protegidas contra danos antes de ser limpadas.

 

DESMONTAGEM E INSPEÇÃO DE CONDIÇÃO

tamping unit parts condition checking

Todos os componentes são sujeitos a inspeção visual para verificar a falta de defeitos, também se realiza avaliação com ajuda de ferramentas e equipamentos especiais de acordo com o manual de reparação geral. Os dispositivos de controle e medição são calibrados no serviço de metrologia e têm um certificado ou um selo confirmando que foram testados. Para detectar fissuras ocultas em componentes críticos aplicam-se métodos de ensaio não destrutivo, tais como: teste de penetração, inspeção de partícula magnética e ensaios de corrente parasita. Inspeção de partícula magnética e ensaios de corrente parasita são realizados de acordo com normas para ensaios não-destrutivos de unidades e componentes de locomotivas e unidades múltiplas. Após a inspeção de partícula magnética peças reparáveis são desmagnetizadas. Ensaios mecânicos realizam-se conforme diretrizes para o teste de penetração.

Componentes testados dividem-se em três grupos:

  • Montável sem reparação
  • Reparável e pode ser restaurdo
  • Deve ser substituído.

Rolamentos são substituídos. Armação é verificada para não ter buraquinhos, curvaturas, deformação ou outros defeitos visíveis. Fissuras detectadas na armação são soldadas. A soldagem é realizada de acordo com diretrizes para soldagem e tratamento de superfícies durante a reparação de máquinas de vias.

A armação tem de ser substituída no caso de:

  • Serem detectadas duas ou mais fissuras mais de 50 mm de comprimento
  • Serem encontradas fissuras/rachaduras nas superfícies do assento de rolamentos, buchas, juntas, roscas e orifícios de montagem.

Eixos e veios com defeitos irrecuperáveis (fissuras/rachaduras de qualquer tamanho e localização, deformações) são substituídos. Se houver tais defeitos de eixos e veios como superfícies desgastadas de contrapartes de assentos, superfícies de roscas, ranhuras, estas peças são restauradas. Fissuras/fendas ou arranhões nos eixos e veios associados com superfícies de mangas ou anéis de vedação são eliminados por meio de esmerilhamento. Ranhuras dos eixos, veios e mangas são inspecionados para verificar a falta de rachaduras, deformações, cortes e desgaste dos dentes (espessura), também verifica-se largura de ranhuras estreitas. Ao detectar defeitos não reparáveis, esses componentes são substituídos. Defeitos insignificantes (rachaduras, arranhões, marcas de impactos nas superfícies de ranhuras) são eliminados. Elementos de fixação (parafusos, porcas e pinos) com graves defeitos de rosca (ruptura, pontos de impacto, esmagamento ou avulsão de mais de dois segmentos), com superfícies danificadas e peças de fixação curvadas/torcidas são substituídos. As superfícies de rosca com pequenos defeitos (pequenas covinhas, avulsão de não mais de dois segmentos) são reparadas com ajuda d e um macho ou tarraxas. As superfícies de rosca são verificadas com medidores de rosca. Se houver defeitos de rosca em forma de covinhas, esmagamento ou avulsão de mais de dois segmentos, rosca dilatada ou grande desgaste, as superfícies de rosca são reparadas roscando de novo mas escolhendo um tamanho seguinte de rosca conforme padrão, parafusos e pinos são também substituídos ou um adaptador de rosca é instalado. O que importa é que a durabilidade do produto não seja reduzida. Mangas e anéis de distância, espaçadores e intermediários são inspectadas visualmente. No caso de desgaste irregular de superfícies, fissuras/fendas ou covinhas as peças são substituídas. No caso de desgaste de pinos ou furos de pinos, os pinos são substituídos, os furos são perfurados para alcançar o próximo tamanho conforme padrão.

TRATAMENTO MECÂNICO

Na seção de tratamento mecânico novas peças de unidades de soca são fabricadas para substituir as peças que foram detectados como defeituosas e sujeitas a substituição.

REVESTIMENTO (RESTAURAÇÃO DE SUPERFÍCIES DESGASTADAS)

tu overhaul

Nesta seção são reparadas superfícies de alavancas desgastadas que depois de avaliação foram consideradas reparáveis. Superfícies desgastadas são soldadas e endurecidas.

 

BORE

tamping unit overhauling 2

After the cladding of the worn surfaces of levers, they are processed by a high precision four-coordinate metal processing machine.

 

TRATAMENTO

tu spare parts

Depois de soldagem em lugares de desgaste as alavancas são tratadas com máquinas de controle numérico por computador (CNC) de quatro dimensões e de alta precisão.

 

REPARAÇÃO DE CILINDROS

tu overhaul control 2

Cilindros hidráulicos são desmontados. Verifica-se se há falhas de acordo com as recomendações do fabricante.

 

SUPERVISÃO TÉCNICA

overhauled tu storage

Em todas as fases de reparação realiza-se monitoramento técnico utilizando aparelhos modernos de medição e controle.

 

MONTAGEM

tamping unit testing

Parâmetros da unidade reparada são verificados e analisados por um engenheiro de manutenção. Ensaio é realizado por meio de um equipamento especial de acordo com os seguintes procedimentos:

  • Temperatura do rolamento do eixo de vibração. Temperatura do rolamento nos pontos de lubrificação não pode exceder valores admissíveis e tem que ser estável na fase final
  • Temperatura dos eixos de ligações de alavanca, armação e cilindro hidráulico
  • Ausência de vazamentos de fluido hidráulico nas ligações de mangueira e vedações do cilindro
  • Ausência de vazamentos de óleo no sistema de lubrificação de ligações de rolamentos centrais
  • Suavidade e silêncio de funcionamento durante o ensaio.
  • No total três testes são realizados com valores de RPM diferentes (veja tabela abaixo).

 

No.  RPM, min-1 Tempo, min
 1  1400  90
 2  1700  60
 3  2100  90